HOME Ensino

Ensino

Conheça a nossa Proposta Pedagógica e Segmentos...

PROPOSTA PEDAGÓGICA

FILOSOFIA EDUCACIONAL 

Considerando o  contexto atual,  a  concepção de aluno que se tem é a de que ele é um ser humano, um sujeito social e histórico e faz parte de uma organização familiar que está inserida em uma sociedade, possui uma determinada cultura, em determinado momento histórico. Compreende-se que o aluno é influenciado pelo meio social em que vive, mantém uma gama de interações sociais que estabelece com outras instituições sociais e, portanto, possui conhecimentos e saberes que necessitam ser considerados neste contexto. 

No processo de construção do conhecimento, os alunos devem ser estimulados a utilizarem as mais diferentes linguagens e exercerem a capacidade que possuem de terem ideias e hipóteses originais sobre aquilo que os interessa, que têm anseios em desvendar. As interações sociais, nessa perspectiva, contribuem para o processo educativo. 

Propõe-se um trabalho pautado no reconhecimento de que, o conhecimento não se constitui em cópia da realidade, mas sim, fruto de um intenso trabalho de criação, significação e ressignificação fundamentado nos princípios filosóficos, sociológicos, morais e éticos cujas bases sustentarão a prática pedagógica. 

O Colégio estabelece, no seu cotidiano, a reflexão acerca de suas respectivas funções sociais: questionar-se, repensar e refletir a importância de sua existência. Pensar que como espaço público, necessita ter uma postura realmente pública, sem excluir de qualquer sujeito o direito e o acesso ao conhecimento, a liberdade de expor suas ideias e dificuldades. Compreender a escola, pensar em seus porquês e decidir seus caminhos são formas de percebê-la no movimento permanente que a articula ao País, à América Latina, ao mundo. É pensar que toda a realidade social afeta também a escola, porque afeta seus trabalhadores, alunos e comunidade local. 

Assim, ao delinear o projeto pedagógico do Colégio, a equipe da escola, tem o extremo cuidado com as trajetórias educacionais e os diversos aspectos da clientela escolar: o que são, o que pensam, o que fazem, o que almejam, que experiências anteriores possuem, que marcas de educação estão impressas em suas vidas. 

A proposta de trabalho pedagógico envolve algumas providências, segundo Paiva (1997, p. 4): “[...] definir as finalidades da educação que se quer, em função do aluno-sujeito que se deseja formar e da sociedade na qual ele atua”. Deve-se atentar para um fato importante nesta proposta que é estar lidando com sujeitos que vivem experiências dentro e fora da escola. 

Os princípios que fundamentam o Projeto Pedagógico da Rede Salesiana de Escolas- RSE, integrados aos tipos fundamentais de educação estabelecidos pela UNESCO, fazem dessa escola que integra a Rede de Escolas, um  espaço  educativo  para:

 

·         aprender a aprender, resgatando a função primeira da escola que é formar a pessoa, preparando-a para discernir e enfrentar as mudanças de uma sociedade em constante transformação;

·         aprender a fazer, onde se oferecem condições proporcionais ao estágio de desenvolvimento do aluno, para a aquisição de habilidades e competências práticas;

·         aprender a ser, isto é, um ambiente favorável à construção e ao enriquecimento da identidade pessoal e coletiva;

·         aprender a conviver, o que significa que, além de acolher o aluno e sua família, numa comunidade diferenciada, o modo de trabalho;

·         Permitir a vivência de situações especialmente planejadas para a formação de uma identidade ativa e solidária com  o grupo  social;

·         aprender a crer, tanto em relação aos valores essenciais à convivência humana e à promoção da dignidade da pessoa quanto em relação aos valores transcendentais cristãos.

 

Tudo isso motiva a pensar a escola como espaço privilegiado de comunicação de ideias e ideais, de reflexão e ação, de solidariedade e respeito às diferenças, centrado nas relações entre pessoas comprometidas com a transformação da realidade em que estão inseridas, visando à contínua e indispensável formação de uma comunidade educativa.

 

DIRETRIZES PEDAGÓGICAS 

Coerente com a visão que norteia a Educação Salesiana, as diretrizes pedagógicas a adotadas pelo Colégio, para cada nível de ensino, tem como pressupostos:

·         Os alunos sejam capazes de aprender;

·         Os projetos pedagógicos dos cursos oferecerão um currículo que favoreça o desenvolvimento dos alunos, promovendo sua atividade construtiva e o seu progresso;

·         Os alunos terão sua diversidade atendida;

·         O currículo da escola oferecerá aos alunos aspectos da cultura que são fundamentais ao seu desenvolvimento pessoal, tanto no âmbito cognitivo quanto no âmbito de seu desenvolvimento global, incluindo as capacidades de equilíbrio pessoal, de inserção social e de relação interpessoal;

·         Os conteúdos curriculares não serão tomados como fim, mas como meios para a aquisição e desenvolvimento das capacidades e habilidades básicas que permitam ao aluno sua vivência no mundo do trabalho, nas relações sociais e culturais.

 

As diretrizes pedagógicas do colégio são elaboradas levando em consideração os momentos constitutivos do desenvolvimento educacional definidos pelas Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil Resolução nº 5, de 17 de dezembro de 2009, Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais para a Educação Básica - Resolução Nº 4, de 13 de julho de 2010 e Parecer CNE/CEB Nº7/2010, Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação e Jovens e Adultos, Resolução CNE/CEB nº 1, de 5 de julho de 2000,  baseando-se no direito de toda pessoa ao seu pleno desenvolvimento, à preparação para o exercício da cidadania e à qualificação para o trabalho, na vivência e convivência em ambiente educativo, e tendo como fundamento a responsabilidade que o Estado brasileiro, a família e a sociedade têm de garantir a democratização do acesso, a inclusão, a permanência e a conclusão com sucesso das crianças, dos jovens e adultos na instituição educacional e a aprendizagem para continuidade dos estudos.

 

Assim a gente transforma o mundo


Educação Infantil
A Educação Infantil é considerada a primeira etapa da educação básica, tendo como finalidade o desenvolvimento integral da criança até 6 anos de idade.
 
Ensino Fundamental I

A função da escola está diretamente ligada a ensinar a conhecer, formar para compreender, desenvolver o pensar para que as crianças e os jovens saibam lidar com as informações e estabelecer relações entre elas.
A proposta de trabalho para o Ensino Fundamental 1 (do 1º ao 5º ano) da Rede Salesiana de Escolas está fundamentada em princípios da educação sócio política, tendo como aspectos centrais, a formação integral do ser humano.
Para fundamentar esta Proposta Pedagógica Curricular, os autores usaram os Parâmetros Curriculares Nacionais e os pilares da O Ensino Fundamental 1 do Colégio Dom Bosco, tem por objetivo utilizar diferentes linguagens como a verbal, matemática, gráfica, plástica, corporal, dentre outras, como meio de expressar e comunicar suas ideias, interpretar e usufruir das produções da cultura.

 

Ensino Fundamental II

O Ensino Fundamental 2 compreende o 6º, 7º, 8º e 9º anos. Todas as propostas e atividades educativas desse nível de ensino têm como ponto de partida o Sistema Preventivo de Dom Bosco composto pelo trinômio razão, religião e afeto. Por isso, a educação do Ensino Fundamental 2 tem por metas:

Aprofundamento dos conhecimentos e habilidades dos alunos.

A formação integral do educando por meio do desenvolvimento de todas as suas potencialidades, proporcionando-lhe o ajustamento ao meio físico e social e estimulando sua capacidade crítica.

A formação de bons cristãos e honestos cidadãos.

 

Ensino Médio
O Ensino Médio compreende o 1º, 2º e 3º ano e tem em vista a consolidação dos conhecimentos adquiridos durante o Ensino Fundamental oferecendo condições para a aprendizagem dos alunos e conseguinte, desenvolver estudos em níveis cada vez mais avançados.
A educação oferecida aos alunos do Ensino Médio, pautada no Sistema Preventivo de Dom Bosco composto pelo trinômio razão, religião e afeto, tem por objetivo:
- Formar um ser humano autônomo, crítico, respeitoso e dotado de competências e habilidades que garantam a inserção no mercado de trabalho.
- Oferecer aos alunos conhecimentos linguísticos, científicos e tecnológicos, artísticos e culturais, para o desenvolvimento de habilidades de comunicação e expressão, de resolução de situações-problemas, de criatividade e construção de conhecimentos.
- Preparar os alunos para o acesso ao seletivo mercado profissional, criando possibilidade de ingresso nas diferentes Universidades.